AMT participa da abertura do movimento Maio Amarelo em Goiânia
Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito - AMT - 10/05/2016 às 10:57

 A Agência Municipal de Mobilidade e Trânsito de Rio Verde (AMT), por meio de seu presidente Sargento Tavares, participou ontem, segunda-feira, 9, dE lançamento no Detran, no Setor Cidade Jardim em Goiânia, do movimento Maio Amarelo.

 
A ação tem como objetivo colocar em pauta o tema segurança viária ,que envolve os mais diversos segmentos como a promoção de atividades voltadas à conscientização para um comportamento mais responsável no trânsito.
 
O símbolo da campanha, um laço amarelo, tem como intenção alertar a necessidade da sociedade, em tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, conscientizar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos. 
 
O presidente da AMT, Antônio Colemar Tavares, acredita que grande parte dos fatores que causam acidentes podem ser evitados pelos motoristas, e destaca que o condutor deve sempre se preocupar com a vida.
 
“A maioria dos acidentes, podem ser evitados. Estudos mostram que grande parte dos acidentes só ocorrem por falhas humanas, em virtude da imprudência, imperícia, negligência, no ato de dirigir. Se o condutor for um condutor que zele pela vida, com certeza o número de acidentes e a violência diminuem”, ressalta.
 
DÉCADA DE AÇÃO PARA A SEGURANÇA NO TRÂNSITO
A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.
 
Segundo levantamento da OMS, o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, ficando atrás da Índia, China, EUA e Rússia. No ranking, os brasileiros são seguidos por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.
 
Fotos: Humberto Eugênio
Sargento Tavares participou do evento
 
Detran ficou lotado durante o evento


Assessoria de Imprensa
assessoria@rioverdegoias.com.br


Mais Notícias
Enviar por e-mail