Promoção Social

A humanização da administração pública em Rio Verde se reflete nos diversos programas de atendimento ao cidadão, seja ele uma criança, um jovem, um adulto ou um idoso. Como base para o atendimento social, a administração conta com a Fundação Altair Coelho de Lima, voltada para a assistência integral do cidadão.

 

O atendimento ao jovem cidadão se dá através de diversos programas, entre eles, está o  PETI -  Programa de Erradicação do Trabalho Infantil que, atualmente conta com 1270 crianças de 7 a 16 anos, em 10 unidades, sendo três delas nos distritos.

 

O Programa oferece a esses adolescentes, alimentação, reforço escolar, atividades recreativas e esportivas. Para manter seus filhos no local, a família recebe do Governo Federal, R$ 25,00 por cada pessoa que estiver no Programa com uma freqüência acima de 80% na escola e também na jornada do PETI.

 

O Programa Jovem Trabalhador prepara  adolescentes de 14 a 17 anos para o mercado de trabalho. Para isso, o Programa conta com um laboratório de informática e cursos de secretariado e relações interpessoais. Após a conclusão dos cursos, os adolescentes são contratados por empresas particulares e públicas.

 

Por quatro horas de trabalho, o formando recebe meio salário mínimo para atuar em órgãos públicos e empresas privadas.

 

A administração municipal oferece o Serviço de Atendimento ao Migrante, que é a assistência àqueles que chegam em busca de emprego, sem condições de moradia. Aos que não conseguem colocação, o programa fornece passagem de retorno ao local de origem.

 

As gestantes são atendidas nos bairros através de palestras e reuniões onde aprendem sobre alimentação na gestação, saúde da mãe e do bebê e importância do pré-natal.

 

O cidadão da terceira idade recebe orientação, participa de atividades ocupacionais e recreativas no Programa Conviver. São 150 pessoas, acima de 50 anos, que estudam, aprendem a tricotar, fazer artesanato, dançar e a pratica de esporte.

 

PAIF – Programa de Atenção Integral a Família – É um programa desenvolvido em parceria Município e Governo Federal, através do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS), que tem como objetivo desenvolver trabalho sócio-assistencial com famílias em situação de vulnerabilidade social, na perspectiva do direto à proteção social básica, da prevenção de riscos, da redução da vulnerabilidade social, com vistas ao fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, garantindo o direito de todos à proteção social integral.

 

O programa possui cadastradas cerca de 1.500 famílias cadastradas, onde 200 têm acompanhamento constante, que através de exigências do programa foram selecionadas pela equipe técnica, por possuírem grau de vulnerabilidade mais acentuado.

 

A Fundação Municipal Altair Coelho de Lima possui cinco unidades de produção: cozinha, padaria, confecção, fábrica de vassouras e marcenaria. Essa estrutura dá condições de trabalho e educação a adolescentes, gestantes e idosos e o resultado do trabalho é fornecido para: Cadeia Municipal, Batalhão da Polícia Militar, creches e escolas.

 

A forte ação social no município é resultado da vocação do povo rio-verdense, caracterizada pela atuação dos diversos clubes de serviços, maçonarias, igrejas e fundações sociais.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa - Telefone: (64)3602-8001- email: comunicacao@rioverdegoias.com.br